Entenda como fazer uma consulta trabalhista

Dar entrada em um processo trabalhista é uma decisão importante para o trabalhador. Portanto, é comum que ele busque todas as informações sobre isso, mesmo as que dizem respeito a questões posteriores à entrada, como a consulta trabalhista.

Essa é uma preocupação pertinente, pois acompanhar o processo permite saber sobre seu andamento e ações necessárias. A seguir vamos esclarecer sobre como fazer a consulta trabalhista e outras questões importantes. Confira!

A coexistência de processos físicos e eletrônicos

A digitalização dos processos trabalhistas é relativamente recente. Então, uma das informações que o trabalhador precisa ter para consulta trabalhista é o tipo do seu processo. Existem os processos físicos e os processos eletrônicos (PJE). Se a entrada da ação foi posterior à 2015, é muito provável que o seu processo seja eletrônico.

Onde fazer a consulta trabalhista?

A consulta sobre o andamento de processos trabalhistas pode ser realizada no site do Tribunal Regional do Trabalho de referência (TRT) ou a partir do Tribunal Superior do Trabalho. O TRT de referência diz respeito à região na qual tramita o processo.

Por exemplo, se você entrou com uma ação no estado de Minas Gerais, deverá consultar o tribunal referente à região. Ao todo existem 24 Tribunais Regionais do Trabalho, alguns que abrangem mais de uma região, motivo pelo qual essa quantidade é menor que a quantidade de estados do país.

Como é a consulta trabalhista no site do Tribunal Superior do Trabalho?

Para fazer a consulta trabalhista no site do TST você deve ter o número da ação com dígito, o ano de sua entrada, do tribunal e da vara. Também é possível realizar a consulta a partir do nome do empregador ou de advogado responsável.

Além de útil para o acompanhamento do processo, ele também auxilia na verificação da confiabilidade do empregador antes, por exemplo, de aceitar uma proposta de emprego. Não é possível, contudo, consultar um processo a partir do CPF ou nome do trabalhador.

 Como fazer consulta trabalhista pelos sites dos TRTs?

Uma vez que você saiba a qual região está vinculado o seu processo, poderá realizar a consulta trabalhista diretamente em seu site. No site, procure pelo campo para preenchimento do número do processo ou nomeado como “Consulta Processual”.

Selecione a natureza do seu processo, como já mencionamos, se é físico ou eletrônico. Em qualquer dos casos, você deverá preencher o número do processo. Logo em seguida você terá acesso às informações de andamento da ação, algumas com links para acessar maiores detalhes.

É comum que no decorrer da consulta trabalhista nos sites dos tribunais apareçam itens para validação, a partir de códigos ou da declaração “Não sou um robô”. São coisas simples, comuns para todo tipo de site, mas se você tiver alguma dificuldade nesse sentido, peça auxílio de alguém. De um modo geral, os passos para consulta são intuitivos.

Como você deve ter percebido, para que possa realizar a consulta trabalhista sobre a sua ação e acompanhá-la você precisará de certas informações, que devem ser pedidas ao advogado trabalhista desde o início.

De qualquer maneira, podem haver dificuldade em compreender o que quer dizer cada atualização do processo e suas decisões. Outro motivo que torna importante o acompanhamento de um advogado que te mantenha atualizado e ciente da sua situação.

Assegure-se de ter um acompanhamento jurídico adequado à sua causa conhecendo o escritório Marcos Roberto Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *