Conheça os tipos de vendedores e suas características

Por mais que cada pessoa apresente particularidades, principalmente no desempenho de uma função específica, existem alguns perfis que são comuns. No ramo de vendas, por exemplo, é possível identificar alguns tipos de vendedores e, a partir da compreensão de suas características, entender como podem melhorar ou em qual área poderão ter mais sucesso. Veja a seguir alguns deles.

Conheça 6 tipos de vendedores

1. O oportunista

Esse vendedor é conhecido por ter um perfil de amigo, o que a princípio parece positivo, mas na realidade apresenta vários problemas. Ele é aquele que só se interessa em vender para quem quer comprar, se colocando disponível e atendendo bem quem já tem interesse no produto ou serviço.

No entanto, não apresenta habilidades de convencimento, isto é, para conquistar novos clientes ou diversificar os produtos que eles costumam consumir. A tendência é que a sua performance seja mediana de um modo geral, mas não encontrará sucesso em ambientes burocráticos e hostis.

2. O racional

O vendedor racional é um ótimo técnico. Conhece a fundo as características dos produtos e serviços, da empresa e até do mercado e outras informações úteis. Infelizmente, falta-lhe o traquejo e o carisma para conquistar os clientes. Ele teria mais sucesso como consultor do que como um vendedor direto.

3. O passivo

Entre os tipos de vendedor, ele se parece muito com o vendedor oportunista, com a diferença que em vez de “fugir” do não, ele aborda todos os clientes, só não insiste quando escuta um não e parte para outra. Ele deixa que o cliente guie o percurso da venda, intervindo apenas quando solicitado, o que faz com que sua performance como vendedor seja pouco eficiente.

4. O agressivo

A abordagem desse tipo de vendedor é problemática, embora ainda tenha algum resultado. No entanto, com a mudança no perfil dos clientes, a tendência é que esse sucesso rápido e infrutífero se reduza cada vez mais.

O que ele faz? Insiste, empurra o produto para o cliente, utiliza de argumentos eticamente questionáveis e até mente se necessário. Sua principal meta é vender, é numérica. Ele não faz o menor esforço para cultivar uma relação com o cliente, apenas deseja concretizar a venda e bater metas.

5. O “Don Juan”

Sempre que houver um novo cliente, produto ou uma novidade qualquer, esse tipo de vendedor atuará com empolgação, carisma e espírito de conquista. No entanto, não sabe cultivar relações e só mantém o interesse nos processos e clientes enquanto são novidade. É um bom prospector.

6. O jardineiro

O vendedor jardineiro se preocupa em cultivar as relações de vendas desde o seu início à sua continuidade. Tem habilidade para fidelizar clientes e consolidar os processos, assim como apoiar e integrar a equipe para o maior sucesso de todos.

Esses são alguns dos possíveis tipos de vendedores que as pessoas de diferentes perfis podem se tornar. Mas, isso é definitivo? Não. A partir de um treinamento ou do trabalho de algumas características emocionais e comportamentais, além de, é claro, ampliar o conhecimento em vendas, é possível desenvolver em si as qualidades mais interessantes que um vendedor pode ter.

Você se identificou com algum desses perfis? Conhece outros tipos de vendedores que não listamos? Compartilhe sua experiência e opiniões nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *